7 Motivos que Fazem de Rafael Leitão o Melhor Jogador de Xadrez do Brasil

13 fev
11:13

Muitas são as razões que formam um grande jogador de xadrez, entretanto, dentro os tantos praticantes da Arte de Caíssa, alguns poucos conseguem se sobressair aos demais e traçar uma carreira de sucesso. Este último, é o caso do heptacampeão brasileiro e atual líder do ranking nacional, o GM Rafael Leitão, consagradamente um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos. Confira os principais fatores que fizeram de Rafael Leitão o atleta número um do xadrez nacional:

  • Motivação

Para enfrentar as durezas da jornada, da longa jornada, é preciso estar decidido a traçá-la. E para tomar as sábias decisões, é preciso conhecimento, e para se obter conhecimento, é preciso buscá-lo, e para buscá-lo, é preciso ímpeto, mas para continuar procurando respostas melhores quando já se tem outras, é preciso persistência e motivação. É preciso estar lúcido e consciente de suas próprias escolhas. Rafael Leitão chegou a largar a facudade pouco tempo antes de se formar para conseguir se dedicar ao xadrez, e se a teoria de que o valor de nossas ações se reflete nos resultados adquiridos é válida, esse pôde ser considerado um brilhante lance de mestre.

 “Depois de ver um bom lance, procure outro melhor”. Emanuel Lasker

  • RegularidadeRafael Leitão jogando bola

Um dos principais fatores de formação de um jogador de xadrez é considerar que o xadrez também depende de forma indireta do corpo. E para evoluir, é necessário que o corpo esteja bem adaptado às situações comuns e corriqueiras da atividade, sendo, portanto, imprescindível um treinamento regular e constante.

  • Curiosidade

O xadrez é um dos poucos ramos onde se podem encontrar casos de crianças prodígios, mas nem mesmo elas nascem com conhecimento embutido, sendo necessário buscar incessantemente novos saberes. E aquele que compreende saber tudo, logo é ultrapassado por aqueles que julgaram saber menos. Assim, buscando conhecer profundamente os seus adversários, e além, disso, seu próprio estilo de jogo, Rafael Leitão tornou-se um especialista em sua área, mas ainda assim, trabalha para evoluir seu desempenho.

  • Dedicação

Como já diria Thomas Edison, um gênio é composto por 1% de talento, e 99% de dedicação. Não basta ter predisposição a algo para conseguir sucesso. É preciso mais, é preciso doar-se em prol de seus objetivos de maneira incansável e insaciável. E é por não se acomodar com sua confortável situação de Grande Mestre, que o topo está sob os pés de Rafael Leitão.

Leitão estudando

  • Estabilidade

Um dos principais fatores de formação de um jogador de xadrez é considerar que o xadrez também depende de forma indireta do corpo. E para evoluir, é necessário que o corpo esteja bem adaptado às situações comuns e corriqueiras da atividade, sendo, portanto, imprescindível um treinamento regular e constante.

Rafael Leitão criança

  • Talento

Na filosofia grega, uma vida boa é uma vida lhe dá subsídios para o desabrochar de suas potencialidades. E Rafael Leitão, como pouco e felizes, teve a oportunidade de conhecer seus talentos ainda cedo, fator de inegável contribuição para o seu sucesso.

  • Experiência

Rafael Leitão aprendeu a jogar xadrez cedo, e logo se destacou em torneio de categoria, adquirindo desde tenra idade, valiosas lições que concederam a experiência necessária para ser um grande jogador.

Por uma combinação de tais fatores, somada as suas demais qualidades, é que Rafael Leitão é o atual campeão brasileiro de xadrez e deve continuar atuando em grande nível e lutando por muitos dos maiores prêmios do xadrez nacional nos próximos anos.

« »

Rogerio Santos

Editor Chefe da Revista Meio Jogo. Arbitro FIDE e jogador de xadrez nas horas vagas, tem contribuído para a divulgação do jogo nos maiores canais de notícias do país.

1 Comments

    washington ramos moreira

    27/06/2015 at 11:13 AM

    muito bom ver esse texto motivador logo de manha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *